Divagações

Em meio às caóticas semanas que precedem o final de um semestre, eu tentava concluir meu trabalho na lanchonete da faculdade, quando começou a chover.

A chuva veio repentinamente forte e solitária, sem vento ou trovões. As pessoas, pegas de surpresa, variavam entre se aglomerar nos limites dos telhados ou arriscar atravessar o espaço entre um prédio e outro, protegendo a cabeça com cadernos e pastas.

E no meio do corre-corre, um poético guarda-chuva cor-de-rosa me chamou a atenção, com seus passos calmos. Não fosse pelos jeans ensopados e o guarda-chuva que cobria o seu rosto, ninguém diria que aquela pessoa caminhava sob a chuva. Mãos delicadas seguravam os cadernos, enquanto tentava impedir a bolsa de se molhar, firmando-a sob o abrigo com o cotovelo. Os gestos, limitados pela situação, eram meigos e o andar extremamente sensual, em sua calma. O volume na frente da blusa azul sugeria um generoso decote e as pontas dos cabelos ruivos insinuavam sardas.

Quis que ela ficasse eternamente ali, andando sob a chuva e eu criando seu rosto, sua voz e os carinhos que aquelas mãos poderiam fazer.

Mas a passagem – impiedosa – chegou ao seu fim e a minha deusa perfeita parou, já protegida sob o teto, fechando o guarda-chuva e inutilizando assim a minha imaginação, sem nenhum pudor.

Lá se foi meu devaneio, submisso e impotente diante da realidade.

Entediado, voltei para o computador e movi o mouse para fechar a proteção de tela.

Realidade por realidade, opto pelo trabalho, pois o prazo já está expirando.

5 pensamentos sobre “Divagações

    • Existem casos em que a imaginação é um presente =P

      Há 4 anos atrás, na faculdade, eu ficava olhando um cara e minhas amigas queriam de todo jeito que eu puxasse conversa com ele. Eu nunca fui. Não que eu seja tímida (o Mauricio que me conhece pessoalmente pode te dizer hahahaha). Mas há pessoas em nossa vida que aparecem para serem admiradas de longe e só. Não vamos estragar o que já é perfeito, né? hahaha.

      Visitei o seu endereço e adorei o quadrinho de dia das mães. Terno e inocente na medida certa!

      Muito obrigada pela visita e apareça mais vezes =D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s