Realidade

tumblr_m8bo6wD33t1qhhzigo1_500Havia sido um dia bastante intenso no trabalho.

Precisara convencer o atendimento e o planejamento de que aquela abordagem não era a mais indicada para aquele cliente, em uma reunião que se arrastou por horas. Pelo menos alcançou seu intento e decidiram adotar seu ponto de vista.

Chegou em casa cansada, mas com a sensação de dever cumprido. Embora fosse a quarta vez naquela semana que chegava muito tarde. Deixou o jantar esquentando no microondas enquanto tomava um banho rápido. O mais rápido possível para que pudesse cair logo na cama.

Foi só quando já estava de pijamas, prestes a se deitar, que se lembrou dos sonhos. Por um momento hesitou. Temia deitar e entrar novamente naquela sequência que parecia se continuar a cada noite dormida. Era um sonho muito real. Real demais para ser só sonho. Começava a temer o que poderia haver por trás dele, embora se sentisse uma idiota: sabia que o pior que poderia significar era o seu subconsciente estar lhe enviando uma mensagem que ela ainda não havia captado. Continuar lendo

A criatura

Acordei e mantive os olhos fechados. Decidi que não ia abri-los enquanto não tivesse uma boa ideia. Permaneci uns bons minutos deitada de costas, com as mãos sobre o ventre, até que um esboço incerto me surgiu e senti algo pulando sobre meu travesseiro.
Estatelei os olhos e ainda pude ver a pequena disforme correndo pela cama, subindo sobre minhas pernas e fugindo em ziguezague das minhas mãos que tentavam segurá-la. Rapidamente sentei, mas antes que pudesse tocá-la, escorregou o seu corpo escuro e brilhante pelo vão entre a cama e a parede.
Levantei-me e agachei para olhar sob o estrado. Ela estava encolhida no canto mais inacessível, rindo gostosamente com sua vozinha fina e travessa.
_Venha cá, danadinha! Continuar lendo