Derrotada

large (2)_A vida não é feita só de sucessos, sabe?

_Oi?

_A vida, cara. Dá uma certa frustração ouvir todas aquelas histórias de gente que arriscou tudo e conseguiu realizar o sonho da vida dela e então olhar para a própria vida e encontrar a si no mesmo lugar, na mesma cadeira, na mesma rotina, fazendo a mesma coisa so far far away de tudo o que você se imagina fazendo quando tiver tempo, quando tiver dinheiro, quando tiver…

_Sim. Dá um nozinho na garganta ver gente próxima tendo tanto, no mesmo tempo que você levou para patinar no mesmo lugar, ver gente que esteve ao seu lado ontem, hoje sendo tanto. E você ainda tentando ser.

_Sei lá se é medo de fracassar. Tentar e, contra todas as probabilidades que aqueles vídeos no youtube te mostraram, não conseguir provar nada, não conseguir conquistar nada, não conseguir ser uma pessoa melhor. Não conseguir não vira notícia. Não viraliza na internet. Muita gente tenta conseguir o tempo todo, principalmente aquelas pessoas que você vê nos vídeos do youtube. Mas os fracassos delas não ficaram famosos

Silêncio.

_E aí? O que fazer nessa hora? É isso o que dá medo na hora que pensamos em sair de nós mesmos, não é? Ter de encarar a derrota de frente e admitir: “Eu não posso fazer isso.” Tinha tanto (naquele momento era o seu tudo) em jogo e você tentou tanto mais… mas não aconteceu. Você não foi capaz. Você não pôde lidar. Você não conseguiu.

_Eu não consegui.

_Como assim?

_Eu não consegui, eu falhei.

_Nossa, desculpa. Eu não queria…

_Não tem problema. Eu não me sinto mal por isso. Não mais. Te fazem acreditar que só as pessoas que conseguem são vencedoras. Mas no momento em que me descobri derrotada, eu conheci a minha força e entendi quais eram as melhores batalhas a escolher. Aprendi a não lutar contra aquilo que eu não deveria estar lutando.

_Tentar é mais importante do que vencer, que puta clichê.

_Mas é verdade, ué. Tentar te coloca em risco, te joga contra si mesma, te faz encarar a sua parte mais profunda e bruta. Tentar te faz aprender a trabalhar as coisas certas, qual gema lapidar para se tornar um você melhor.

_Pera, vou colocar True Colors pra tocar.

_É sério, não esculhamba o momento bonito. E, mano… essa música é perfeita. Eu conheci as minhas verdadeiras cores. Descobri que às vezes é muito bom mudá-las, sim. Mas em outras tentar mudar não faz tão bem quanto achou que faria. Isso continua sendo experiência.

_Bem, suas fronteiras, né? É mais fácil compreender o que é e o que não é você, quando tenta acertar fazendo ou sendo algo completamente diferente do que fez ou foi até hoje.

_Sim. Chegou onde eu queria. No fim de tudo eu descobri que na derrota há vergonha, há arrependimento, remorso e vontade de consertar tudo o que deu errado, mas não há de jeito nenhum fraqueza. Eu não me sinto fraca porque tentei e não consegui, mas me sentia fraca quando não tentava por medo de fracassar.

_Ah, está tentando me fazer acreditar que não perdeu nada com isso?

_Claro que perdi. Mas também não dá pra ficar só lamentando, né? Agora é tentar resgatar. O ponto é que não tem que se sentir uma perdedora só porque tentou e não conseguiu. Todo mundo perde, todo mundo fracassa. E fracassar frustra, mas faz mais bem do que você imagina.

_E então?

_Então que a vida não é feita de sucessos. E as pessoas… As pessoas, mesmo quando vencem alguma vez, só são pessoas quando feitas de fracassos.

Anúncios

Um pensamento sobre “Derrotada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s