Coisas boas da semana

Vou começar com o pedido de desculpas por dois motivos: o primeiro é que eu prometi para mim mesma que manteria a frequência de atualização deste blog e quebrei minha autopromessa. Segundo porque falando assim, parece que o blog é grande, cheio de leitores que ficaram decepcionadíssimos com a falta de postagens da semana passada.

Portanto me desculpem, queridos leitores, por ter ficado sem postar nenhum dia semana passada. Eu peguei uma gripe e, como toda pessoa que dificilmente fica doente, havia perdido a prática do resfriado, fiquei de cama, morrendo, parecendo que havia deixado um vogon ler seus poemas para mim.

Mas já sarei. Então, bora continuar a postagem. Vocês vão perceber que alguns links são da semana passada, por causa disso. Sejam compreensivinhos. =)

Voltando às coisas boas da semana, nesta aconteceu uma coisa engraçada. Eu sempre achei que só acontecia comigo, um reflexo de uma infância e adolescência sendo a freak do colégio, sempre querendo me enturmar com a galera daora, mas descobri que muitas pessoas também passam por isso: às vezes, conhecendo o trabalho de uma determinada pessoa e vendo o jeito como ela encara a vida e o cotidiano, compartilha suas ideias e tal, minha admiração chega a um ponto de ter o desejo de me tornar amiga dessa pessoa e compartilhar de seu dia-a-dia, só para poder absorver um pouquinho dessa energia tão boa que ela parece espalhar por aí como se fosse a coisa mais fácil do mundo.

Pensando nisso, de brincadeira, fiz esse post no facebook e descobri que não sou só eu que tenho esses impulsos de “oi, posso sentar do seu lado no recreio?” O mais legal, foi perceber que muitas pessoas que despertam essa vontade em mim possuem as mesmas vontades (vocês verão nos links lá embaixo, o da Gabi Dornelas, que diz a mesma coisa). E o mais legal ainda, foi descobrir que eu mesma já despertei essa vontade em outras pessoas, pois logo em seguida duas pessoas puxaram conversa comigo usando esse gancho. Resultado: ganhei mais dois amigos e mais duas histórias para a minha coleção.❤

Encorajada por esses fofos e fofas, eu também tomei a iniciativa de procurar uma aproximação das pessoas que admiro, munida de toda a minha cara de pau. Algumas funcionaram, outras deram em nada, mas acho que eu ficaria mais decepcionada se eu nem tivesse tentado, né? Paciência.

Pronto. Agora vocês sabem que eu sou uma louca stalker de pessoas legais que sempre quer sentar com a galera daora na hora do recreio. Essa foi a coisa legal da semana.

E vocês? Já quiseram ser amigos de alguém e ficaram com medo de parecer um maluco perseguidor de gente?

Chega de enrolar e posta logo os links da semana, Deka.

Brigada eu.

IMG_0255

Mentirinhas (Fabio Coala) – A torre do castelo (ilustração)

Cotidiano e Outras Drogas (Arthur Chrispin) – Letra e música (conto)

Nuvens no Meu Café (Gabi Dornelas) – O mar (crônica)

Boas Novas (Diego Freire) – Episódio 12 (vídeo)

Hqrizando (Cleber Betto) – Mais uma sobre amigo imaginário (tirinha)

Entre Todas as Coisas (Daniel Bovolento) – Ao melhor amor que eu já tive (crônica)

Trivialidades da Vida (Fernanda Mota) – O Beijo (conto)

Trastejando (Pablo Cezimbra) – Tudo outra vez (crônica e música)

Bichinhos de Jardim (Clara Gomes) – Nova ideia – 2 (tirinha)

Os Levados da Breca (Wesley Samp) – Curioso (tirinha)

8 pensamentos sobre “Coisas boas da semana

  1. Saber que você também é assim, faz com que eu tenha ainda mais vontade de pedir pra sentar com você no recreio, Deka!
    Já faz um tempo que acompanho seu blog (e você nas redes sociais também, sigo no twitter, no facebook) e te acho muito amor.
    Deixa eu me apresentar: tenho 18 anos, estudo jornalismo, e também amo escrever. Estou escrevendo mais alguns textos até começar a pensar em postá-los num blog, mas se eu conseguir transmitir mensagens tão positivas através de histórias escritas com tanta simplicidade e grandeza ao mesmo tempo, como você faz, ficarei bem feliz.
    Beijo enorme.🙂

  2. Ótimas experiências em ter cara dura e arriscar um “oi, tudo bem?”
    Mas também já fui mal interpretado como maluco e tive que me explicar com “relaxa, foi só um comentário que você não entendeu…”
    As pessoas precisam relaxar mais…Brasil está virando EUA (na chatice)
    a lei do não me toque se alastrando e os grupos se fechando.

  3. Hahaha engraçado, você despertou essa vontade de “putz queria msm ser amigo desta pessoa”, conheci o blog por acaso e virei fã, sigo no twitter, interajo (as vezes acho que até encho o saco), tanto que quando apresentei seu livro pra minha irmã disse que era de uma amiga virtual :3 ^^

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s