Aos homens, e às mulheres, sobre os homens

Diariamente vejo mulheres e mais mulheres querendo ser tratadas como princesas e ditando regras aos homens – estes terríveis partidores de corações alheios – do modo como devem ser amadas.

“Queremos ser amadas com romantismo e não ter os sentimentos despedaçados”, dizem minhas colegas de gênero.

Porém vejo muito falar e pouco fazer, quero dizer: quantas mulheres se preocuparam em amar um homem como deveria ser amado, em vez de cobrar mais sensibilidade dele? Aliás, falar e cobrar são especialidades de toda a ala progesterona, né? Mas isso é outra história. Ou não.

O ponto em questão é que o homem, objeto de desejo das (e dos) que possuem as mesmas preferências que eu, é um ser tão simples, direto e objetivo, que acaba nos confundindo em nossa complexidade.

Por isso, resolvi listar aqui os motivos pelos quais devemos amá-los e a forma como devemos amá-los. E se alguém vier me dizer que cada regra possui sua exceção, irei solicitar respeitosamente que me façam o favor de tomar em seus respectivos cus.

Em primeiro lugar, os homens devem ser amados por sua já dita simplicidade. É ela que está por trás daquela capacidade nata de nos irritar, quando estamos tagarelando sem parar a respeito de um problema que nos parece indissolúvel e eles surgem com seu pensamento linear e seu cheiro de masculinidade, nos apresentando uma solução tão óbvia, que nunca seria possível termos pensado nela. Nessa hora, nós devemos amá-los com alívio e um sorriso, por termos tal herói presente em nossas vidas e não começar a inventar agravantes só para piorar o problema de propósito e a resposta dele não servir.

Os homens também devem ser amados por não conseguirem nos entender. Porque, afinal de contas, nem a gente consegue, ora porras! Nossa equação formada por hormônios, emoções, desejos e nojos é tão complicada, que sentar no colo dos nossos queridos e ganhar um cafuné é o maior alívio do mundo. Por sermos tão complexas, não nos custa nada tentar.

Também devemos amá-los por sua beleza. Não há nada mais belo do que aqueles olhos de menino, por trás de um cenho franzido e uma barba por fazer. Observe a beleza de seus gestos desajeitados, da gargalhada sem amarras, do tesão constante e das preocupações tão sérias. Eles são lindos assim.

Devemos amar em silêncio. Não precisamos inventar o que dizer, quando não há. Eles irão entender. E irão preferir. Prefira você um carinho, um beijo. Um gesto de amor. Uma cerveja trazida da geladeira. Isso pode ser mais eficiente do que qualquer discurso interminável sobre a tampa da privada erguida.

Nós, como mulheres, devemos amá-los por nos proteger. Por mais que você não queira, ele se sente responsável por você. Eles devem ser amados enquanto levam horas para trocar uma lâmpada. Você o admira sentada no banquinho, dizendo que não sabe o que faria sem ele e pensando que faria o mesmo serviço em quinze minutos. Ame-os deixando que tentem consertar o encanamento, abrindo o vidro de palmito e te ligando de cinco em cinco minutos, para saber se você chegou bem em casa.

Devemos amá-los como eles são. E não pelo que poderão ser, depois que os mudarmos. Porque não devemos mudá-los. São maravilhosos do jeito que os conhecemos, ou não teríamos nos apaixonado. E se não são tão maravilhosos assim ou aceitamos, ou deixamos seu caminho livre. É assim que se ama uma pessoa.

E por fim, mas não menos importante: devemos amar o seu amor. Suas palavras erradas, seus gestos brutos, suas reações exageradas, e até seus desejos e vontades que não dizem respeito a nós mesmas. Não só porque é exatamente assim que agem as pessoas profundamente apaixonadas, mas porque é exatamente assim que nós mesmas somos.

Espero que este longo texto sirva para mostrar às donzelas que é muito fácil cobrar sensibilidade de um ser obviamente mais racional que nós, porém as bem-sucedidas são aquelas princesas que constroem uma escada do tamanho da torre e já vão adestrando o dragão, em vez de deixar todo o trabalho para o tal príncipe encantado.

Caso não tenha servido de nada, não me importo. Me orgulho de cada linha aqui escrita, pois são dedicadas ao sexo masculino. Saibam, desde já, que podem contar com minha admiração eterna.

A você, meninos, digo que foi um prazer.

Anúncios

36 pensamentos sobre “Aos homens, e às mulheres, sobre os homens

  1. Legal seu texto, é bom alguém entender esse pobres homens, você acordou apaixonada hoje 🙂
    Concordo com boa parte do que diz, como por exemplo que não devemos muda-los, esta mais do que certa, não devemos tentar mudar ninguém, não é justo, não é correto e se conseguirmos, é provável que aja um arrependimento, afinal não foi pelo cara novo que nos apaixonamos e sim o antigo, aquele com os defeitos, não acredito que uma mulher queira realmente ao seu lado, um robô, configurado para fornecer resposta corretas e ter atitudes cuidadosamente planejadas. O impulso a forma de nos surpreender a sinceridade masculina, acho que não grandes qualidades e não podemos destruí-las, só escolher com cuidado, alguém com os defeitos certos, aqueles com os quais conseguimos conviver.
    Por exemplo alguém me ligando de 5 em 5 minutos é algo difícil para mim, me sentirei sufocada, ou supervisionada, mais pode ser tolerado. Uma traição não.

  2. Aí disse uma série de verdades. Se minha ex-esposa tivesse um pensamento assim, provavelmente estaria com ela até hoje, mas o problema, Deka, é que mulheres que pensam como você, infelizmente, são exceção.

  3. Caraca, que monte de comentário… tá dando trabalho ler todos. Antigamente era mais simples hahahahah Deu uma cagada de regra/desabafo. Agora entendo a cara de constipação literária que você tava =D S não chegam a ser regras, porque existe um “evil master plan” por trás dessas dicas em forma de crônica, de que se deve aceitar alguém pelo que é e aprender a lidar com isso, sem perder sua própria subjetividade. Por isso é um texto que pode agradar a maioria dos homens e ensinar muito pra algumas mulheres. Um texto lindo como a escritora ˆˆ

    Como disseram nos comentários acima, se todas mulheres fossem perspicazes, carinhosas, geniosas e estilosamente inteligentes como você, o mundo seria com certeza mais fácil de se conviver. Mas, quem curte jogar no easy é NOOB e a gente sabe que já passou desse nível de um jeito ou de outro, né? =]

    Bjos e estamos de ooooolho nos seus textos (e textículos hahahaha)

  4. Bacana o texto deka é realmente fácil, exigir de alguém quer homem ou mulher ter atitudes que gostaríamos, mas, nesse caso em particular vejo exatamente o que você vê, mulheres cobrando do mundo homens românticos e sinceros, mas, desrespeitando-os como homens “fracos” e “sem atitude” por não quererem ser os pegadores e sim ser o amante.

    Fico feliz em saber que não estou só, nesse pensamento, e se queremos alguém também temos que ser alguém. beijo deka

  5. Nossa, esse texto foi como um desabafo pra mim. Estava meio pra baixo hoje, mas agora me senti melhor por saber que minha atitudes e minha forma de amar, tão desprezadas e esquecidas como seu eu fosse um estranho, são admiradas por você, coisa rara !

    Muito obrigado por esse texto, lavou minha alma.

  6. Meu Deus que fóda. Por favor alguém coloca esse tempo numa cápsula do tempo. Eu sempre achei as mulheres lindas tbm do jeito que elas são. As horas que passam se arrumando, aquela insegurança de fazer algo, as picuinhas, aquela briga de vez em quando pra descontrair. Sempre perguntando antes de sair “O que vc acha?”. Pensar na resposta certa e falar o contrário só pra saber se ela “Explode” daquele jeito tão bravo e meigo que não se cansamos de lembrar e depois de cada briga e desentendimento terminar com aquele recíproco “eu sei que vc me ama”.
    É melhor dar do que receber. Não quer dizer que nós não sentimos falta de sermos amados pelo que somos tbm. Aquela velha história…” Se gosta pelas qualidades, e se ama pelos defeitos…”.
    Ps.: Comesse a dar palestras sobre isso, sério. E desculpem pelos erros de português. =D

  7. Parabéns pelo texto. É muito bom saber que ainda existi mulheres que pensam e sentem. Que vivem ao invés de criar jogos e mais jogos pra fugir de algo que é real. Mulher é um ser que institivamente queremos proteger e amar , não um produto pra ser vendido pra sempre esta fazendo sua propria propaganda ou que cria motivos pra manter o homem perto de vc , buscando e cobrando cada vez mais… pelo contrario, buscamos sua simplicidade tbm: nos momentos que fazem pequenos gestos de carinho trazendo uma lembrancinha e nos chegam com aqueles olhos de menininha e com o sorriso que faz afastar qualquer problema dizendo ” aqui, lembrei de vc ” pelo fato de buscar proteção em nossos braços, das mensagens nos momentos de correria do dia a dia em que elas arranjam um tempinho no trabalho pra mandar um ”Te amo ”pra vc ,mesmo sabendo que voce sabe disso, no Carinho, no Cuidado, no prazer, se tornam nossas amigas, amantes, mães e irmãs. A voces mulheres minha profunda Admiração. Um abraço e escreva mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s