Imortalidade

Acordei com a pressão nos pés da cama.

Meio sonolenta, esfreguei os olhos tentando reconhecer a silhueta que ali estava sentada.

Uma voz feminina soou em meus pensamentos com sarcasmo:

_Sabe o que é mais irônico? Que mesmo você sendo a minha criadora, sua existência é efêmera. Enquanto eu, renascerei todas as vezes que alguém revirar as páginas que você escreveu.

Soltou no silêncio da noite sua gargalhada cristalina, ao mesmo tempo em que se recolheu dos meus olhos para minha mente, onde era seu devido lugar.

Sorri condescendente, sabendo que felizmente ela estava certa.

7 pensamentos sobre “Imortalidade

  1. e teatro nao faz isso. só cinema e tv. e é ótimo e não é. só fica na lembrança de quem viveu junto comigo, a cada apresentação. lindo e triste. ps: uma graça o texto, btw

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s