Gentileza gera gentileza – ou “A arte de falar sobre clichês”

Sim, eu sei que é clichê. Mas eu preciso repetir mais uma vez que clichês só existem porque acharam a frase bonita, contudo você só compreende realmente um clichê após vivenciá-lo? Acho que não, né? Great.

Cansei de ouvir pessoas falarem da grosseria das pessoas.
Pode não ser maioria, mas eu encontro gente educada TODOS os dias. Sério!

Vou contar dois causos que aconteceram comigo, no ambiente menos propício para gentilezas around the world: o metrô de São Paulo.

Já disse aqui que em horário de pico e no meio da muvuca, primeiro eu deixo toda a cavalaria se afobar por um espaço exíguo para chamar de seu. Depois, se me couber, eu entro. Não me coube? Paciência. Volto e me escondo no fim da fila, onde posso me prevenir da terrível morte por pisoteamento.

Mas ontem, quando eu ia para o curso de roteiro de HQ, a plataforma estava quase vazia. Um senhor bem idoso, daqueles que ajeitam a dentadura toda hora, parou ao meu lado. Instintivamente, dei um passo atrás abrindo espaço para que ele entrasse à minha frente. Ele, por sua vez, me segurou pelo ombro e disse do alto de seu cavalheirismo: “Muito obrigado, mas você chegou primeiro.”

Quer mais?

Outro dia, eu me equilibrava no sacolejo do trem, com bolsas, cadernos e sacolas nos dois braços, segurando com apenas uma das mãos, quando paramos na estação. O rapaz à minha frente e a moça atrás de mim se levantaram para desembarcar. Eu cheguei a sentar e um rapaz (devia ter dezoito anos, no máximo) que também estava em pé se sentou no outro lugar. Porém entrou uma gestante e eu ofereci o meu lugar a ela, ficando novamente em pé. No mesmo instante, o rapaz se levantou e insistiu até que eu sentasse em seu lugar.

Eu sou do tipo que sempre diz “por favor” e “muito obrigada”, sorri para os funcionários públicos e dá “bom dia” pra todo mundo, quando chega. E mesmo recebendo grosseria em troca, não me importo.
Reparem que toda vez que alguém foi legal comigo, eu também havia sido legal antes. Eu não vou deixar de ser gentil por conta das grosserias que podem vir. Pelo contrário! Serei mais gentil, por conta das gentilezas que sempre virão. E elas virão, não tenham dúvidas!

E se você acha que não existe mais gentileza no mundo, olhe-se no espelho e veja se não é a sua cara emburrada que está espantando as pessoas educadas do seu caminho.

About these ads

10 comentários sobre “Gentileza gera gentileza – ou “A arte de falar sobre clichês”

  1. Ótimo post!

    “Reparem que toda vez que alguém foi legal comigo, eu também havia sido legal antes.”

    É bem isso mesmo. Isso é o princípio da “semeadura e seifa” ou “o que planta colhe” e por aí vai… A partir do momento que tratamos os outros com amor ou gentileza, inevitavelmente este retornará.

    Como está escrito:

    “Não paguem a ninguém o mal com o mal. Procurem agir de tal maneira que vocês recebam a aprovação dos outros. No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas.” – Romanos 12:17-18

    Abração!

  2. Mamãe: Qdo vc olha alguém, com esse sorriso que toma todo o seu rosto, seus olhos rindo tbm, eh impossível não ser gentil.
    Bjus mamy

    Eu (brinks*), malinha: Eu num posso falar nada neh, sempre caio nas suas caras de cachorrinho q caiu do caminhão da mudança! kkkkkkkkkk
    Bjus linda, te amo mto, msm vc sendo minha irmã! brinks* d novo!! Te adoro! Soh não me inventa de ir morar em sampa!!!

  3. Excelente Deka, belíssimo post. Vamos inundar o mundo com bons exemplos e com gentileza.
    Gentileza gera gentileza. Na verdade sempre gera-se mais do que enviamos ao mundo, isso é um padrão. Portanto, vamos semear a boa vontade e a positividade em tudo.

    Amplexos,
    Darcio Martins ;)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s